Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Prosseguir sem propósito é desistir


Hoje caminho em direção a muitas coisas, em busca de uma realidade que desconheço, pois essa é muita grande, infinita, vai além de minha compreensão humana, então me pergunto, devo ou não continuar? Durante anos sofri e confesso ainda sinto sempre que insisto em me preocupar a encontrar respostas para a pergunta que tanto fazemos, “Por que Deus”? Mas tenho aprendido que não é isso que faz a diferença, mas que o segredo está em entender “Para que” e quando aceitamos isso, finalmente conseguimos compreender boa parte de nossa missão como filhos. E conseguiremos expressar com nossas vidas uma realidade que é maior que nossos próprios interesses. Mas isso também é um esforço, um exercício diário, estou tentando praticar a cada dia, lembrar a mim mesma o que jamais posso esquecer.


A dificuldade maior que eu vejo, e sinto não é tanto pela jornada que por vezes é árdua, mas por não entender de forma clara o percurso, pois muitos são os obstáculos que nos faz sentir confusos e nos intimida. Sabemos que Deus que é único e criou todas as coisas, é o mesmo que nos aponta a direção certa. Mas ainda sim há momentos em que nos perdemos, e claro isso não é culpa de Deus, afinal de contas Ele é Pai, e um Pai sempre que o melhor para o seu filho. Nós é quem soltamos sua mão, fazemos isso até mesmo sem perceber, pensamos que conseguiremos sozinhos, e quando olhamos para um lado, olhamos para o outro e nos damos conta que estamos perdidos e permanecemos no mesmo lugar, meu Deus, da um desespero e uma vontade enorme de desistir de vez. Sentimos vergonha por estarmos tão atrasados em um processo onde o Senhor Jesus há tempos nos chama para avançar, crescer e amadurecer.


Aprendi que Justiça não tem a ver com uma qualificação pessoal, mas que consiste em estar na posição certa, estar onde o Senhor quer que estejamos, envolve toda e qualquer área de nossas vidas. Por isso tenho orado e pedido para que o Espirito Santo ajude-me a decernir onde devo estar e como eu posso contribuir sendo influência para que o Reino de DEUS se estabeleça nessa terra. O interessante é que essas coisas acontecem de forma tão sutil, ou seja, nem sempre nos damos conta que estamos saindo do caminho. Não percebemos que nossas escolhas ou a falta delas irá gerar um atraso aos planos que o Senhor tem para seus filhos, nós não somos tudo, mas fazemos parte de um todo que se estabelece na criação de Deus. Então o que nos resta é retomar o fôlego, nos recompor e recomeçar mais uma vez, ou então desistirmos e convivermos com as feridas e os fracassos que satanás tenta nos fazer carregar impondo sobre nós. Acredito verdadeiramente que essa não é a melhor opção. O Senhor criou a mim, e a você para um plano muito Especial e específico, mas com tudo se não entendermos qual é, e não estivermos dispostos a entrar nele, de nada adiantará tantos sacrifícios.

Quando estamos caminhando para algo e de repente nos damos conta que estamos seguindo simplesmente por seguir, para cumprir uma imposição que a sociedade nos impõe, ou até mesmo alimentar nosso orgulho, infelizmente temos que admitir que não iremos chegar a lugar algum. Eu penso que nesses casos desistir seria mais digno. Sempre tive dificuldade em tomar decisões, por mais simples que fosse. E reconheço que isso muito me prejudicou como ainda prejudica ás vezes, mas também reconheço que em muitos aspectos fui beneficiada, precisamos extrair o que há de melhor em cada situação.

Que você reflita sobre tudo pelo qual tem buscado e lutado até hoje, não quero de forma alguma incentivar você a desistir, pelo contrário tenho recebido do Senhor uma grande força, embora não me sinta forte em tantos momentos que gostaria, mas sei que Ele é comigo, e ser valente, perseverante é uma marca preciosa na vida de um Adorador. Mas que possamos entender que é muito pior é mais doloroso prosseguirmos em uma jornada e ao final dela olhar para dentro de nós e não encontrar nenhuma satisfação, ou aprendizado de tantas experiências vividas. Com certeza acredito que isso é pior do que ter a coragem para admitir que talvez devamos seguir por outro caminho. Muitos se dedicam a suas carreiras, ministérios, e tantas outras coisas, vivem uma vida inteira se doando por algo em função de algo que nem elas mesmas sabem exatamente o que é. Talvez nem fosse o que Deus tinha, mas se deixaram ser influenciadas por outros, e não por suas próprias convicções, isso pode nos tornar pessoas frustradas, sem nenhuma realização pessoal e até nos custar a vida.

Acredito que se nós estamos nos desenvolvendo em algo que o Senhor nos chamou e nos designou para cumprir, se estamos na posição certa, iremos sim ser benção para outros e certamente nos empenhar para ser melhor a cada dia. Mas se não, insistir só nos machucará ainda mais e nos fará perder tempo. Sei que errar não é vergonha e Deus não nos ama menos por isso, mas fingir que as coisas estão indo bem quando sabemos que não estão ignorar nossas falhas é ser tolo e desobediente, e com toda certeza nosso desgaste será ainda maior. Sei que muito ainda tenho que melhorar e ser tratada em meu caráter, mas de uma coisa sei, quero estar sempre disponível ao Espirito Santo, me arrepender todos os dias e me submeter à vontade do Eterno.

"Eu sei que se eu para no meio do caminho agora, é o mesmo que morrer em vida."