Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Simplesmente Adore


A cada instante que passa, as coisas se tornam mais complicadas, os conflitos, as dores se tornam mais intensas. Recentemente li algo em um artigo que achei interessante, e dizia mais ou menos assim:

"Vivemos um tempo onde tudo e todos nos impulsionam e nos diz que precisamos conquistar algo, sempre estamos correndo para alcançar alguma coisa, seja essa material ou não, como se tudo que já tivéssemos não fosse bom o bastante ou não significasse nada pra nós."

Parando pra analisar essa realidade que nos cerca, entendemos “por quê” nos cobramos tanto? É onde nos sentimos forçados a chegar a algum lugar, mas onde é este lugar? O que posso fazer pra chegar lá?Ouço desabafos, comentários iguais e diferentes dos meus, pois não existe nessa terra alguém que ande sobre ela e não passe por provações. Vivemos uma vida inteira dizendo, que amamos o Senhor, que dependemos dEle, mas isso por que nunca imaginaríamos que passaríamos por lutas tão profundas. Muitas foram às vezes em que tive vontade de desistir e deixar tudo pra trás. Até hoje pensamentos contrários do inimigo invadem o meu coração e me diz:

Fabiana, você se cobra demais, não vive o “melhor” da vida, por que defende uma bandeira de mulher que ama e Adora ao Senhor, se esforça pra fazer tudo certo e acaba se ferindo e se frustrando ainda mais, é persistente, pois cai e logo se levanta, mas onde isso tem levado você? São perguntas como estas que satanás nos faz todos os dias, pelo menos comigo isso acontece, mas o Espirito Santo não desiste de mim, Aleluias! Amados, as nossas maiores guerras, não são as que enfrentamos no mundo, no trabalho, nem em nenhum outro lugar. Não mesmo! Nossas maiores guerras são as que se encontram dentro de cada um de nós. Eu mesma sinto-me tão confusa às vezes, chego a pensar que sou maluca, sinto-me tão segura de minhas convicções, já em outras áreas percebo que sou extremamente insegura, medrosa, e perdida. Só não entendo por que tantos sentimentos se passam dentro de mim, quando não consigo resolvê-los.

Sinto Deus me dizer tantas coisas, mas ao mesmo tempo se cala quando pergunto algo pra Ele. Então não entendo muito, mas sei que também não posso desobedece-lo. Loucura não é mesmo? Mas há uma coisa que Deus me sopra aos ouvidos sempre, Ele me diz: Filha, você não tem que entender tudo que faço, e mesmo que tente não irá conseguir, por isso Adore, Adore, Adore... Amém Pai! Mas temos que admitir, não é o que queremos ouvir como resposta, pois quando estamos desesperados queremos algo que nos sirva como um consolo imediato, e geralmente pensamos que será o que nosso coração tanto deseja.  

Certa vez eu estava em um culto de mulheres, que por sinal foi tremendo o agir de Deus ali naquele lugar. Mas confesso, esperava por algo diferente da parte de Deus, queria uma resposta para algo que eu me perguntava? Pois acredito que Ele mesmo tem gerado em meu coração esse desejo, enfim, com isso, esperava uma confirmação do próprio DEUS, ou um sinal de que algo novo iria se revelar na minha vida. E sendo assim, o culto continuou sendo uma grande benção, o Senhor se revelando e trazendo algumas respostas para muitas mulheres ali naquele lugar, e eu pensando, ainda poderá ser minha vez. E Jesus falava com uma, com outra, e nada de chegar até mim. Quando por fim, a pastora se aproximou, impôs as mãos sobre minha cabeça e disse: Adore, Louve! Hum, naquela hora meus amados, a única coisa que pensei foi, Amém Deus, mas não era tudo o que eu esperava ouvir, esperava também por uma resposta mais específica sobre alguns sentimentos e duvidas que estavam dentro de mim. Afinal de contas, as coisas já não estavam muito favoráveis, não estou dando conta, perdendo minhas forças, e o que tem pra me dizer é só, Adore! Pensava eu.

Mas se tem algo que sempre digo, é que precisamos ter cuidado ao que oramos, pois podemos nos esquecer, mas Deus jamais se esquece. E tenho falado com o meu papai que, ainda que me falte muitas coisas, mesmo que meus muitos sonhos não se realizem, e que eu não consiga alcançar meus objetivos, ainda que eu esteja só e que todos me abandonem, mas que ELE nunca se afaste de mim, e nunca me permita viver sem Adora-lo. Então o que mais Ele poderia me dizer naquela hora? Tenho aprendido e percebido que a murmuração é algo que serve como um desabafo momentâneo, nos dando um falso alívio em colocar tudo pra fora, mas não será o que irá atrair a atenção de Deus pra nós, isso não fará o coração do Senhor se mover a nosso favor. Mas o nosso clamor, a nossa Adoração em meio à dor, isso sim, chega às narinas do Senhor como um cheiro suave, então no tempo certo ELE moverá céu e terra para nos abençoar.

Tenho sido provada em minha Fé, levada a acreditar nas muitas palavras que passei a vida toda declarando desde que aceitei Jesus como meu Senhor e Salvador. Entendendo que não é preciso ver, mas crer. É sentir a dor e dizer: Pai eu Te Amo! E hoje percebo o quão difícil é Adorar em meio ao Deserto. Mas Oro para que Deus me fortaleça, e quando me pego sendo boba, e ingrata, peço perdão e continuo Adorando. Pois sei que, mesmo que o choro dure uma noite inteira, a nossa alegria virá pela manhã, qual manhã eu não sei, e você também não, mas sabemos que ela virá. Que isso seja o suficiente para que sejamos fiéis ao Senhor Jesus até nosso ultimo suspiro de vida.