Pesquisar este blog

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Vazio


Em alguns momentos não tem como não dizer e sentir, pois realmente somos tomados por um vazio muito grande, um sentimento ruim que nos faz ficar sem saber para onde olhar, e o que fazer. É como se parássemos no tempo, ou nos perguntássemos o que estou fazendo aqui? E não adianta dizer que isso não acontece conosco apenas por sermos convertidos e por que tememos ao Senhor. Porém não podemos nos esquecer de que somos “meros seres mortais” sujeitos a todo tipo de sensação seja essa boa ou ruim, sentimos tudo que se passa a nova volta, e por mais que nos esforcemos, não somos imunes a nenhuma delas. E depois ninguém nasceu para viver só, diante disso é natural sentir-se assim ás vezes.

Penso que esses momentos são raros se comparado ao que desfrutamos com o Senhor em nosso dia a dia, e que bom que seja assim, se não certamente estaríamos perdidos e não suportaríamos, pois chega ser angustiante quando enfrentamos esse sentimento tão pertubador. Mas sinto-me aliviada por saber que mesmo tendo eu esses momentos de sentir a ausência de algo que seja palpável, ou ver com meus olhos o que meu coração anseia em tocar, ainda sim o Senhor compreende bem o que tenho vivido. No entanto Ele sempre irá nos dizer: Fique firme, você tem o direito de sentir, chorar, se abalar, mas desistir nunca será sua boa opção. O mais interessante de tudo, é que sentir essa solidão, carência, essa sensação de vazio, infelizmente é um mal que tem assolado não somente os solteiros, pelo contrário, muitos casais têm vivido uma sofrida e longa solidão a dois. E avaliando por esse ângulo acho até pior passar por isso estando casado, pois este acaba acarretando uma série de outros sentimentos negativos e frustrantes para ambos, complicando ainda mais o que já é difícil de administrar que é“Uma vida a dois”.

Nos dias em que nos sentimos assim, é preciso ter cuidado por que não podemos nos esquecer do quanto nosso coração é mal e enganoso. Quantos de nós em momentos de fragilidade pensamos em coisas que sabemos não ser bom, e que estão longe de ser o que Deus aprovaria. E para vencer esse gigante dentro de nós e não dar atenção às investidas do diabo, pois esse não desistirá nunca, para suportamos esse sentimento ruim que se passa em nosso coração, só mesmo estando agarradinhos com nosso Papai do céu. Por isso quando essa tristeza e solidão bater forte dentro do nosso peito, e por alguns instantes pensarmos em desistir, que nós sejamos ainda mais determinados a prosseguir para alcançar o que Jesus tem para cada um nós. Acredito que colher frutos de uma escolha mal tomada, uma decisão precipitada, será infinitamente pior do que tudo que podemos estar sentindo agora.


"Não me arrependo das escolhas que tenho feito, mas sentir o impacto delas não faz de mim uma pessoa fraca ou covarde, e sim uma mulher que mesmo sabendo o que iria enfrentar, ainda sim não está disposta a ceder para o que minha carne tem se inclinado."